(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC. Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Dois dedos de Poesia e um de Prosa

O crescer em Mesquita continua quase o mesmo,
comparado ao de anos atrás.
O jogar bola na rua de terra.
O soltar pipa na laje, com os berros
maternais de cuidado ao fundo.
A vizinhança quase interiorana de algum
lugar perdido no mapa.

Quase....

Os garotos ao som de funk,
a brincar suas “noróticas” coreografias.
O namoro substituido pelas modernas
formas de “pegação”.
A molecada com sua velocidade
internética de raciocínio digital.

Mesquita tornando-se o mais novo
município do Estado do Rio de Janeiro.

...novidades!

O que não muda é o espanto de
alguém (principalmente se for algum
carioca da “gema”) ao ouvir o local da
sua residência e/ou nascença:
- O quê? Mesquita? Onde?

Não muda é a doce amarga interseção
entre o moderno e o conservador, o
interior e a cidade, o antigo e o novo.

Não muda é a vida ainda marcada de
“bons dias” e “boas noites” ao passar
e passear.

Muda é a marca indelével que carregamos
ao nascermos em um lugar que carrega
consigo a mistura da poeira do atraso
com o frescor de uma insípida modernidade.

É pensar que tão perto da cidade
maravilhosa, temos um outro universo de
melancolias, esquecimentos, alegrias e lembranças.

E lembrar que em qualquer lugar que
estejamos, em Londres, Milão, São
Paulo, Brasília ou em Natal,
aquele som de - "Bom dia!" - carregado de
cheiro de terra molhada, sempre irá ecoar
pelos nossos ouvidos, sempre.

Então somos duas “coisas”, uma
metamorfose do novo e do antigo, onde
atravessamos galáxias distantes e
distintas, adentrando no universo urbano
para trabalhar e correr, e voltando ao
ante-universo do interior para deitar e
dormir.

E lembrando disso tudo, as noites nunca
foram tão gostosas como as noites em
casa, as noites com pai, mãe e irmão.
As noites mesquitenses.

Observação: Você pode substituir, e pensar, o cenário
desta prosa-poema pela cidade/bairro/país de sua predileção.



(para Sérgio Fonseca)



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma
Licença Creative Commons.
Postar um comentário

Deixe seu email para que você possa receber as novidades e promoções do PSQC!

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades
Agora também estamos no incrível espaço de cultura colaborativa que é a Obvious. Lá faremos nossas digressões sobre literatura, cinema e a vida nas cidades. Ficaram curiosos? É só clicar na imagem e vocês irão direto para lá!

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!
Para efetuar a compra do livro no site da Multifoco, é só clicar na imagem! Ou para comprar comigo, com uma linda dedicatória, é só me escrever um email, que está aqui no blog. Besos.

O autor

Vinícius Silva é poeta, escritor e professor, não necessariamente nesta mesma ordem. Doutor em planejamento urbano pelo IPPUR/UFRJ, cientista social e mestre em sociologia e antropologia formado também pela UFRJ. Foi professor da UFJF, da FAEDUC (Faculdade de Duque de Caxias), da Rede Estadual do Estado do Rio de Janeiro (SEEDUC) e atualmente é professor efetivo em sociologia do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Criou e administra o Blog PALAVRAS SOBRE QUALQUER COISA desde 2007, e em 2011 lançou o livro de mesmo nome pela Editora Multifoco. Possui o espaço literário "Palavras, Películas e Cidades" na plataforma Obvious Lounge. Já trabalhou em projetos de garantia de direitos humanos em ONG's como ISER, Instituto Promundo e Projeto Legal. Nascido em Nova Iguaçu, criado em Mesquita, morador de Belford Roxo. Lançou em 2015, pela Editora Kazuá, seu segundo livro de poesias: (in)contidos. Defensor e crítico do território conhecido como Baixada Fluminense.

O CULPADO OCUPANDO-SE DAS PALAVRAS

Contato

O email do blog: vinicius.fsilva@gmail.com

O PASSADO TAMBÉM MERECE SER (RE)LIDO

AMIGOS DO PSQC

Google+ Followers

As mais lidas!