(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC. Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Quarta-Feira
02:14



Não tomo remédios para dormir.


Prefiro ser um insone saudável. Meus pais carregam, há tempos, o vício dos comprimidos. Apesar de todos esses anos de noites em branco e cores, belas películas (algumas não tão belas), poemas e alguns filmes pornôs, não adentrei ao mundo dos narcotizados por princípios ativos que levam ao sono irresistível e acachapante. Talvez eu seja burro. Minha qualidade de vida deveria estar bem melhor se me utilizasse deste expediente.

Mas começo a escrever esse diário, e esse prefácio, pelo grande mal que as noites de não-sono vêm me causando. E pelas desencontradas explicações médicas que tenho recebido. Algo estranho acontece. Nos dias seguintes às noites de não-sono ou de pouco sono, parece que me transformo em outro sujeito, um outro ser, com uma outra perspectiva e outros olhares. Sei que vocês poderão pensar em todos os efeitos que a supressão do sono pode causar em um ser humano, mas o que falo é de algo diferente, uma sensação que não consigo explicar. Acho que hoje não é um bom dia para falar nisso. Mas sinto que há algo grandioso pela frente, uma jornada com data e acontecimentos marcados para seu começo, ou fim.

Só digo da desconfiança de que algo grave possa estar acontecendo comigo e que a escolástica médica ocidental talvez não consiga dar conta. Não consigo sonhar. E não tenho memórias da última vez que consegui fazê-lo. Isso. Sonhar. Ou mesmo pesadelos. Nada. Nadinha. Este não-acontecimento tem me deixado preocupado. Mas de qualquer jeito deve ser coisa da minha cabeça.

Agora tentarei dormir.


Até.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

amo tu


Amo tu. Perto ou longe. Com raiva ou amoroso. Poeta ou medroso. Amo tu. Com tuas pernas fortes. Teu cantar errático. Tua mania de magreza. Amo tu. Junto e inteira. Amo tu calada ou falando besteira. Odeio odiar o teu ciúme. Amo amar a tua falta. A tua saudade. Amo tuas lágrimas à toa. Amo teu sorriso grande. Sorriso muito grande. Amo tuas sardas. Amo tua cintura. Teus seios. Amo teu pé feio. Amo tu do jeito que te posso amar. Amo tu com minhas falhas e grosserias. Amo tu com minha ácida picardia. Amo. Amo tu sim. Amo. És minha infinita companhia. Amo tu como nunca. Amo tu como nunca tinha aprendido amar a ninguém. E tu és a pessoa que me contém. Amo tu. E agora não há mais nada ou palavras que me vêm. Então o que digo e vai mais além: Amo tu como jamais amei alguém. Amo tu.

(para Carla Juliane de Lemos Oliveira)


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Hoy Como Ayer*, por Omar Urán


El descubrimiento de la verdad
Sangra sobre la tierra el amor aniquilador.
Del alma huye un primitivo sueño albergado.

Hablar del cariño, de la amistad, del amor,
Nos llevan insito a hablar de lo mismo:
De la fuerza que construye un proyecto,
De la voluntad por permanecer en el camino
Desandando pasos y descubrir
Que nuestros deseos infantiles
Eran posibles.

Una promesa del futuro
El mañana flyue de la sangre
Y en secreto la historia guarda.

Llevar en silencio lo que fue proclama
Morder los labios por no gritar la rabia.

Hoy, como ayer,
Un guerrero solitario
Se percibe en la batalla.
Buscando coraje entre sus heridas
Haciendo digna la memoria de sus muertos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

*Poema publicado no livro "Memorías Del Alma Etérea - Ucrónicos Poemas" de Faber López & Omar Urán, Medellin, Colombia. Publicação Própria, Junho de 2003.
Omar Urán é sociólogo e investigador urbano-regional, colombiano de Medellin, também é um dos colegas mais brilhantes que já conheçi na Acadêmia. Excelente companheiro de doutorado no IPPUR/UFRJ.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Vem aí os "7 pecados literais"


Dia 7 de Janeiro de 2010

será lançada no


Palavras Sobre Qualquer Coisa

nossa nova secção:


7 PECADOS LITERAIS


Um pecado, um texto.

Não percam!

Com certeza você nunca vai se divertir tanto com seus pecados,
sem culpa...


Te espero cheio de ansiedade
(ainda bem que esse não é pecado,
ainda).

Besos.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Carta II


Minha família são meus filhos. Eles são tudo pra mim. Mas não
posso, não consigo ficar perto deles. Acho que a farra foi nos
afastando. Não somos inimigos, mas sinto falta deles.

Quero dizer... estou chegando perto dos 50 e quando eu
José Raimundo d
e Souza* tinha 21 anos, fui pai pela primeira
vez. Eu tinha tantos sonhos com meus filhos. É... a vida do
dia-a-dia, a farra, acabaram me deixando sozinho. Não é mole
não. Vida, vida complicada...


Agora você vê o que aconteceu... Fui para o segundo casamento,
e depois para o terceiro. Quer dizer, perdi todos os meus sonhos
de 21 anos, e hoje, com
50 anos... netos! É... não é fácil, mas não
é fácil mesmo!

Hoje tenho minha neta do meu segundo filho do meu primeiro
casamento. O que a vida fez comigo, ou, o que e
u fiz com minha
vida? Arrumei uma filha com meu segundo casamento e três
filhos com o terceiro. E este terceiro casamento me deu até
cadeia!

Quer dizer... com quase 50
anos não é fácil, mas aí na vida
têm coisas que vem para o bem, como o SERH. Conheci home
ns
com o mesmo problema que eu tive na vida. E vamos trocando
palavras das nossas vidas, e isso só me fez bem. E este SERH só
levantou meu astral**.



*Nome fictício.
** Carta revisada por Viníciu
s Silva.


Carta escrita de maneira espontâne
a por um beneficiário do SERH -
Serviço de Educação e Responsabilização de Homens Autores de
Violência de Gênero, ao final dos encontros realizad
os pelos grupos
de reflexão.





Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Auto da Alegria - Teatro






Texto e direção: Luis Fernando Bruno Quando: de 14 de novembro a 27 de dezembro - sábados e domingos às 17h Onde: Teatro dos 4 - Shopping da Gávea - Rua Marquês de São Vicente, 52, segundo andar, Gávea


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

1948: O Ano da Iluminação de Samuel Beckett - Teatro


"Um espetáculo que celebra o caso único de um gênio que no espaço de alguns meses criou quatro obras-primas eternas: os romances Molloy, Malone Morre e O Inominável e a peça Esperando Godot. Roteiro e Direção de Atores: Leonardo Thierry. Direção de Espetáculo: Malu Cotrim. Elenco: Milton Soares, Thiago Carvalho, Hugo Lobo e Leonardo Thierry.

Em cartaz às quartas e sextas-feiras às 20:00 hs na Livraria Baratos da Ribeiro, rua Barata Ribeiro, 354, Copacabana, pouco antes da esquina com a rua Siqueira Campos, perto do metrô.

Telefones: 2549-3850 e 2256-8634. O espetáculo é um evento promovido pela livraria. Não há bilheteria. Reserve por telefone os lugares que quiser.

Você é nosso convidado".

Thiago Carvalho

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=15940446966582088634


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

5 cenas "olímpicas"


Em homenagem à nossa cidade, agora olímpica,
e aos anéis que representam os jogos e a paz,
mostro 5 cenas de como nossa cidade e estado estão se preparando para receber o mundo
e as Olimpíadas.



Fonte: http://gritodanacao.wordpress.com/2008/04/26/



Fonte: Foto: Marcelo Mora/G1


Fonte: Foto: AP/Eduardo Naddar

Fonte: Waleska Borges - O Globo e G1


Fonte: Foto: AE/www.band.com.br


Legendas da sequência de fotos, de cima para baixo:

1 -Acidente com trens em Japeri fez 18 feridos leves, dizem bombeiros
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1347207-5606,00.html

2 - Fraudes em licitações no Rio passam de R$ 20 milhões, diz polícia
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1366441-5606,00-FRAUDES+EM+LICITACOES+NO+RIO+PASSAM+DE+R+MILHOES+DIZ+POLICIA.html

3 - 33 mortos no Rio de Janeiro
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1349884-5606,00.html

4 - Mulher baleada e morta, filha de 11 meses é atingida em seu colo
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1355495-5606,00-MAE+MORTA+POR+BALA+PERDIDA+NA+PENHA+E+ENTERRADA.html

5 - Helicóptero da PM é derrubado no Rio de Janeiro
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1345097-5606,00-POLICIA+SABIA+DE+ATAQUE+AO+MORRO+DOS+MACACOS+DIZ+SECRETARIO+DE+SEGURANCA.html
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1344863-5606,00-NUNCA+VI+TANTO+TIRO+NA+VIDA+DIZ+MORADORA+DO+MORRO+DOS+MACACOS.html


E para encerrar a demonstração de como nossa cidade e estado são seguros para nos próximos 5 e 7 anos receberem uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, vamos ler e nos sentir aliviados com a incrível fala e descoberta de nosso secretário estadual de segurança pública, José Mariano Beltrame:

"O Rio de Janeiro não é violento, diz secretário de segurança do estado"


Fonte: http://www.imprensa.rj.gov.br/SCSSiteImprensa/detalhe_foto.asp?id=16961#



Também não podemos nos esquecer da morte do coordenador do AfroReggae, Evandro João da Silva, e da incrível atuação de nossos policiais militares:


Fonte: http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/10/21/pms-liberaram-bandidos-responsaveis-pela-morte-de-coordenador-do-afroreggae-770062691.asp



Boa sorte população do Rio, boa sorte!

Viva nossa cidade olímpica!



Fonte: http://pombosemasa.wordpress.com/


Que os deuses olhem por nós!

Besos.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Deixe seu email para que você possa receber as novidades e promoções do PSQC!

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades
Agora também estamos no incrível espaço de cultura colaborativa que é a Obvious. Lá faremos nossas digressões sobre literatura, cinema e a vida nas cidades. Ficaram curiosos? É só clicar na imagem e vocês irão direto para lá!

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!
Para efetuar a compra do livro no site da Multifoco, é só clicar na imagem! Ou para comprar comigo, com uma linda dedicatória, é só me escrever um email, que está aqui no blog. Besos.

O autor

Vinícius Silva é poeta, escritor e professor, não necessariamente nesta mesma ordem. Doutor em planejamento urbano pelo IPPUR/UFRJ, cientista social e mestre em sociologia e antropologia formado também pela UFRJ. Foi professor da UFJF, da FAEDUC (Faculdade de Duque de Caxias), da Rede Estadual do Estado do Rio de Janeiro (SEEDUC) e atualmente é professor efetivo em sociologia do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Criou e administra o Blog PALAVRAS SOBRE QUALQUER COISA desde 2007, e em 2011 lançou o livro de mesmo nome pela Editora Multifoco. Possui o espaço literário "Palavras, Películas e Cidades" na plataforma Obvious Lounge. Já trabalhou em projetos de garantia de direitos humanos em ONG's como ISER, Instituto Promundo e Projeto Legal. Nascido em Nova Iguaçu, criado em Mesquita, morador de Belford Roxo. Lançou em 2015, pela Editora Kazuá, seu segundo livro de poesias: (in)contidos. Defensor e crítico do território conhecido como Baixada Fluminense.

O CULPADO OCUPANDO-SE DAS PALAVRAS

Contato

O email do blog: vinicius.fsilva@gmail.com

O PASSADO TAMBÉM MERECE SER (RE)LIDO

AMIGOS DO PSQC

Google+ Followers

As mais lidas!