(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC. Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

terça-feira, 8 de setembro de 2009

a arma apontada



(Foto: Marcelo Piu/Agência O GLOBO)*


Estão vendo a arma apontada para pessoas assustadas? Sabem quem elas são? São professores da rede estadual do estado do rio de janeiro (hoje não dá para colocar o nome de nosso lindo estado em maiúscula, me desculpem) em manifestação contra o projeto (que foi aprovado pelo rolo compressor da ALERJ logo depois) que aumenta o salário dos professores em torno de R$ 430 reais em incríveis... 7 anos !!!

Sabemos o quanto a educação pública em nosso estado foi aviltada durante anos, porém chegamos ao ponto final. Ao ponto em que armas são apontadas para professores. É isso. Nosso estado e esse governo autoritário e assassino nos resume a isso.

O mais assustador são as notícias vinculadas por nossos isentos meios de comunicação, que relatam o acontecido como "confronto". Como se professores pudessem enfrentar em pé de igualdade a PM ou a tropa de choque de nosso harmonioso estado. O tal "confronto" realmente deve ter sido interessante: professores tacando apagadores, giz e lápis contra bombas de efeito moral, gás de pimenta e cassetetes de nossa apaziguadora polícia.

Vivemos no estado e sob o governo onde armas são apontadas para professores.

Vamos então ler a incrível fala do deputado e presidente da ALERJ, Jorge Picciani (PMDB): "O Governo tinha voto para vencer com o texto enviado, mas não era o sentimento da Casa ter uma vitória que não fosse a vitória da Educação".


Que orgulho!

Viva a educação do rio de janeiro.

Viva!

*clique na imagem para saber mais


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

Lara disse...

Não digo 'Viva!'. Nem debochadamente.

Fui aluna de escola pública (governo), e via o quanto os professores eram injustiçados. É foda ter que aturar horas dentro de uma sala de aula, pessoas mal educadas, tentar melhorar o país e ainda receber um salário mediocre.

Infelizmente foi cômico o que disse: 'O tal "confronto" realmente deve ter sido interessante: professores tacando apagadores, giz e lápis contra bombas de efeito moral, gás de pimenta e cassetetes de nossa
apaziguadora polícia.'

Ter que passar por tudo que passam o ano inteiro, tentar fazer uma passeata pacífica e ler no dia seguinte como confronto.
E ainda saem como culpados de tudo. [errr]

É lamentável essa situação.
A educação sendo imobilizada por uma arma de fogo. Que coisa, não?!

Carla disse...

Teve uma reportagem no jornal O Dia de hoje, com o policial que apontou a arma para o PM. Ele disse que nunca faria mal a um professor.

Tô vendo...

Lara Cervasio disse...

Putz! Isso porque não faria nunca, imagine só se não gostasse deles! PQP

Beijos

Adrianno disse...

Vinicius,
Ano que vem temos que lutar contra isso, falo direto para a Fabiane, vcs prof da rede estadual tem que usar a sala de aula para expressar essa indignação com esse canalha do Cabral,tem que mostrar para os alunos a situação que vive um prof da rede publica estadual, que colocar ar condicionado em sala de aula e 'dar' laptops nao resolve o problema, nem camufla..........ano que vem é FORA CABRAL!!!!!!
Esse policial da foto nunca deve ter orgulho de disser que passou por uma sala de aula!!!

Adrianno Oliveira Rodrigues.
Dep. de História e Economia (DHE).
Instituto Multidisciplinar/Nova Iguaçu - UFRRJ.

Deixe seu email para que você possa receber as novidades e promoções do PSQC!

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades

Obvious Lounge: Palavras, Películas e Cidades
Agora também estamos no incrível espaço de cultura colaborativa que é a Obvious. Lá faremos nossas digressões sobre literatura, cinema e a vida nas cidades. Ficaram curiosos? É só clicar na imagem e vocês irão direto para lá!

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC

(in)contidos - O novo livro de Vinícius Fernandes da Silva do PSQC
Saiba como adquirir o mais novo livro de Vinícius Silva clicando nesta imagem

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!

Palavras Sobre Qualquer Coisa - O livro!
Para efetuar a compra do livro no site da Multifoco, é só clicar na imagem! Ou para comprar comigo, com uma linda dedicatória, é só me escrever um email, que está aqui no blog. Besos.

O autor

Vinícius Silva é poeta, escritor e professor, não necessariamente nesta mesma ordem. Doutor em planejamento urbano pelo IPPUR/UFRJ, cientista social e mestre em sociologia e antropologia formado também pela UFRJ. Foi professor da UFJF, da FAEDUC (Faculdade de Duque de Caxias), da Rede Estadual do Estado do Rio de Janeiro (SEEDUC) e atualmente é professor efetivo em sociologia do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Criou e administra o Blog PALAVRAS SOBRE QUALQUER COISA desde 2007, e em 2011 lançou o livro de mesmo nome pela Editora Multifoco. Possui o espaço literário "Palavras, Películas e Cidades" na plataforma Obvious Lounge. Já trabalhou em projetos de garantia de direitos humanos em ONG's como ISER, Instituto Promundo e Projeto Legal. Nascido em Nova Iguaçu, criado em Mesquita, morador de Belford Roxo. Lançou em 2015, pela Editora Kazuá, seu segundo livro de poesias: (in)contidos. Defensor e crítico do território conhecido como Baixada Fluminense.

Contato

O email do blog: vinicius.fsilva@gmail.com

O PASSADO TAMBÉM MERECE SER (RE)LIDO

AMIGOS DO PSQC

As mais lidas!